Diário, parte vinte e cinco

Poucas são as coisas que me orgulham mais do que despertar nele, isso mesmo, orgulho. Emociona-me, até, que ao ler as minhas palavras consiga depreender a lucidez e a verdade que procuro transmitir. Da força, sim, do estímulo e confiança que me permitem continuar em frente.

Sem comentários:

Enviar um comentário